Acusação contra Matzneff leva à demissão de Le Clézio

As acusações de predação pedófila contra o escritor francês Gabriel Matzneff levaram a uma baixa no júri do Prémio Renaudot. À semelhanaça do jornalista Jerôme Garcin, Jean-Marie Gustave Le Clézio, apresentou a sua demissão na passada Quinta-feira.

Por Pedro Maia Martins

Foto: D.R.

Gabriel Matzneff recebeu a atribuição literária francesa em 2013, graças ao seu conjunto de ensaios “Séraphin c’est la fin!”. A oposição do prémio Nobel da Literatura de 2008 foi imediata. Le Clézio afirma ter lido a obra de Matzneff “com muito nojo”, descrevendo-a como “uma apologia da violação”.

Tanto Le Clezio como Jerôme Garcin apontam para a necessidade de “mais presenças femininas” no júri do Renaudot. Actualmente, a escritora Dominique Bona é a única mulher entre os jurados.