Concessão do Coliseu do Porto a privados é aprovada.

A Associação Amigos do Coliseu do Porto (AACP) aprovou a concessão do teatro portuense a privados. Na assembleia geral realizada no dia 13 de Março, a AACP acrescentou a decisão de diminuir o caderno de encargos para o futuro concessionário, inicialmente orçado em oito mil e quinhentos milhões de euros. A concessão conta com o apoio da Câmara Municipal do Porto, da Área Metropolitana do Porto e do Estado português.

Por Pedro Maia Martins

A oposição coube ao deputado na Assembleia Municipal Rui Sá e ao atual presidente da AACP, Eduardo Paz Barroso. Em declarações ao Jornal de Notícias, o também professor na Faculdade de Letras da Universidade do Porto relembrou “o serviço público” prestado pelo Coliseu e “a sua história de cidadania”. Para o académico, a sala de espetáculos “é mais do que um negócio. É um património. Há um legado a preservar”.