Fundação Serralves coloca 23 trabalhadores em situação precária

A Fundação Serralves dispensou os serviços de 23 trabalhadores na passada Segunda-feira. Os profissionais do Serviço Educativo da Fundação serão colocados a recibo verde, sem receber qualquer rendimento. O Concelho de Administração aponta para o vínculo laboral dos contratados com entidades terceiras e não com a Fundação.

Por Oriana da Cunha

Foto: Arquivo/Global Imagens

Numa carta aberta, os técnicos externos das exposições manifestaram a sua solidariedade com os seus colegas. Associando-se à sua “reivindicação e denúncia”, estes profissionais afirmam “encontrar-se em idêntica situação”.

Os directores prometem continuar a cumprir “integralmente as suas obrigações quando houver lugar à efectiva prestação de serviços”. Contudo, os 23 profissionais dispensados afirmam “não ter sido remunerados pelas actividades canceladas e adiadas“. A sua proposta de realizar as suas funções em tele-trabalho não obteve resposta da Fundação.