Live Nation não irá organizar grandes digressões em 2021

A produtora de espectáculos Live Nation Entertainment (LNE) não irá organizar eventos de grande escala até 2021. Numa reunião com os seus investidores no dia 7 de Maio, o director-executivo Michael Rapino anunciou o cancelamento de todas as actividades do ano presente.

Por Hugo Gomes

A reorganização tornou-se numa prioridade para a LNE. Michael Rappaport afirmou que a empresa irá “começar devagar e de forma reduzida” no segundo semestre de 2020. A capacidade reduzida dos próximos concertos poderá resultar num aumento do preço dos bilhetes. Contudo, o director-executivo mostra-se optimista ao ver que 90 por cento dos fãs optou por não reembolsar o dinheiro. Para o empresário, esse gesto representa “um voto de confiança na LNE”.