Ministra da Cultura opõe-se a concertos virtuais gratuitos

Graça Fonseca opõe-se aos concertos online gratuitos. Numa entrevista na edição desta Sexta-feira do programa “Você na TV”, a Ministra da Cultura afirmou que este tipo de iniciativa tem de acabar acabar.

Por Lívia Martins

As declarações da ministra vieram a seguir de uma referência pelo apresentador Manuel Luís Goucha. Para Graça Fonseca, “não há nenhuma razão para o trabalho dos artistas não ser remunerado, seja digital ou na televisão”. Quando questionada pelo escritor José Luís Peixoto sobre o valor do orçamento destinado à cultura, a governante considerou-o “manifestamente insuficiente”.

A Ministra da Cultura não descarta o regresso dos eventos públicos, garantindo a “reavaliação permanente” da situação. Para Graça Fonseca, alguns eventos de menor dimensão poderão até realizar-se, mediante regras que estão a ser definidas, e privilegiando sempre aqueles que se realizam ao ar livre.