Funcionários da Orquestra do Norte com salários em atraso

A comissão de trabalhadores da Orquestra do Norte (ON) denunciou esta Terça-feira o atraso de pagamentos de salários a 38 colaboradores, sendo 34 destes instrumentistas e 4 funcionários. O grupo sediado em Amarante pediu a intervenção do Ministério da Cultura.

Por Ana Sofia Melo

Foto: D.R.

Num esclarecimento enviado à Agência Lusa, a Associação Norte Cultural (ANC), entidade gestora da ON, afirma ter “conhecimento dos atrasos nos salários nos meses de Janeiro e Fevereiro“. A ANC prometeu ainda “melhorar as condições para realizar os pagamentos do primeiro trimestre de 2020 já na próxima semana“. No entanto, a Associação afirma “não ser capaz de enfrentar as dificuldades financeiras sem as contribuições dos seus associados”.

Numa nota enviada à Lusa, o Ministério da Cultura declara ter acompanhado toda a situação e estar ciente da “existência de atrasos no pagamento dos ordenados dos trabalhadores da ON“. O governo compromete-se ainda a “antecipar o pagamento trimestral e garantir os salários dos trabalhadores da ON.